El 9 de octubre, miércoles, se celebró una reunión pública para presentar el proyecto europeo Socientize. Tuvo lugar en el Auditorio de la Escuela Preparatoria La Quinta das Flores / Conservatorio de Coimbra, a las 10.00 h

Se dio a conocer el proyecto que proporciona miles de tareas científicas, listas para ser realizadas por cualquier ciudadano que quiera contribuir a uno o varios proyectos científicos.

La sala del conservatorio se llenó de público y tras la sesión de presentación del proyecto europeo Socientize se concluyó que : ¡!Ahora es el momento de ponerse a trabajar juntos para hacer ciencia!

public_session_socientize

capa_socientize_sem_logos
9 de outubro | 10H00 horas
Auditório da Escola Secundária Quinta das Flores/Conservatório de Coimbra
SOCIENTIZE: quando os cidadãos ajudam a fazer Ciência
Projeto envolve ativamente o público no processo de criação científica: das associações de palavras à investigação sobre o cancro

Coimbra acolhe um projeto de divulgação e criação científica inovador. Promovido pela Comissão Europeia e com a Universidade de Coimbra (UC) e o Museu da Ciência da UC como parceiros em Portugal, o SOCIENTIZE é um projeto de Ciência Cidadã, cujo objetivo principal é estimular a participação ativa de todos os cidadãos em estudos e experiências científicas diversas. A sessão pública de apresentação deste projeto realiza-se no dia 9 de outubro, quarta-feira, pelas 10 horas, no Auditório da Escola Secundária Quinta das Flores/Conservatório de Coimbra. A entrada é livre.

Esta sessão conta com a participação dos coordenadores nacionais do projeto Paulo Gama Mota (Museu da Ciência da UC) e Rui Brito (Universidade de Coimbra), com a apresentação da aplicação “Sun4All” pelo investigador João Fernandes, do Departamento de Matemática da UC, e com o testemunho de Guilherme Banca Geraldo, cientista cidadão e aluno da licenciatura de Física da UC.

O projeto SOCIENTIZE assenta no cruzamento entre ciência e cidadania e na conjugação de tecnologia, inovação e criatividade. Enquanto pólo agregador de inúmeras experiências científicas, o projeto ajuda a sociedade civil a compreender a ciência através da participação ativa em processos científicos. No SOCIENTIZE, os cidadãos vestem a bata e colaboram, como cientistas, no fazer ciência.

Os coordenadores do SOCIENTIZE prevêem o desenvolvimento de um conjunto de experiências que vão da biologia molecular e celular a estudos climáticos, passando por pesquisas sobre o processo de compreensão das palavras.

Entre os projectos científicos previstos para o arranque do projeto estão: a análise de imagens, obtidas ao microscópio, de células em tratamento com novos potenciais medicamentos contra doenças como Alzheimer e cancro, fazendo os cidadãos o estudo da morfologia e estado vital das células em tratamento; a criação de mapas de variação de temperatura em cidades, através da colaboração de voluntários na recolha da temperatura exata num determinado local de um edifício; e, ainda, o desenvolvimento de um jogo que mede a distância entre palavras e ajuda a compreender como os seres humanos relacionam o sentido das palavras ao utilizarem-nas.

O projeto SOCIENTIZE pretende, assim, criar um fórum para a cooperação entre investigadores, fornecedores de recursos, administradores de sistemas e cidadãos voluntários, cujos trabalhos estarão integrados numa interface padronizada, com ferramentas comuns e espaços de trabalho para todos.


Como integrantes do SOCIENTIZE, estão investigadores de entidades públicas, universidades e institutos de investigação de diversas áreas, professores e estudantes das universidades e escolas secundárias, empresas privadas com interesses em tecnologia e inovação, centros artísticos, jornalistas, organizações de divulgação científica e, claro, todos os cidadãos que queiram participar.


Para além dos seus parceiros portugueses, o SOCIENTIZE conta com a parceria da Universidade de Saragoça (Espanha), Universidade Federal da Campina Grande (Brasil), Tecnara (Espanha) e do Centro para a Inovação Social (ZSI, Áustria).


Mais informação sobre o projeto Socientize em www.socientize.eu.